Feng Shui: conheça essa técnica milenar

Saiba como o Feng Shui pode ajudar em diferentes setores da vida


Por Lilian Christine


Durante a pandemia tivemos que ficar mais tempo dentro de nossas casas e até dividir o ambiente residencial com o trabalho, o chamado home office.


Desse modo, aplicar o Feng Shui pode ser uma excelente dica para aplicar nesse momento e sempre. Esta técnica milenar permite harmonizar a energia de nosso lar; seja com a ajuda de uma pessoa especializada ou até mesmo por práticas que podem ser feitas por nós mesmos no dia a dia.



Mas o que é Feng Shui?


Feng Shui ou Kan Yu é uma arte chinesa milenar, de harmonização energética que busca organizar os nossos espaços dentro de uma visão interativa entre o ser humano e a natureza. Essa prática, que foi difundida através de práticas familiares, surgiu na China há aproximadamente 4.000 anos e significa literalmente Vento-Água.

A base do Feng Shui é a energia vital, conhecida como "chi", que está presente e circula em todos os ambientes e objetos.


Uma das prioridades do Feng Shui é a aproximação com a natureza. Por isso, ao mobiliar sua casa, procure ter objetos naturais como plantas, cristais, fontes de água corrente e tudo aquilo que mantenha essa conexão.


Os antigos chineses acreditavam que se você escolhesse o local certo para morar, teria uma vida próspera e equilibrada.


Atualmente a prática do Feng Shui nos ajuda a equilibrar as energias naturais dos ambientes, que influenciam diretamente em aspectos essenciais de nossas vidas, como: saúde, trabalho, relações familiares e sociais e relacionamentos amorosos.





Como aplicar o Feng Shui para harmonizar os ambientes


O Feng Shui permite harmonizar casas e apartamentos e também pode ser aplicado em empresas e espaços comerciais.


A Consultora de Feng Shui, designer de ambientes e paisagista Cilla Gaya explica que o Feng Shui combina a estética do ambiente, a psicologia neurolinguística, o fluxo do Qi (energia responsável por tudo que existe no Universo - energia vital), a radiestesia e radiônica, o Yue Shu Ming Li – numerologia chinesa, entre outras técnicas.


“Um dos fundamentos do Feng Shui é entender que o ambiente reflete quem somos e quem podemos ser. Portanto, a modificação do ambiente causa um efeito cascata que repercute mudando um todo”, afirma a consultora que há 12 anos atua nessa área.

Ao utilizar a radiestesia por exemplo dentro do Feng Shui é possível captar vibrações negativas (presentes em ralos abertos, tampa de vaso levantada, tampa de lixeira aberta etc) pois o espaço onde moramos nos traz informações sobre a harmonia e o desequilíbrio das energias locais.


Cada cômodo tem uma função, uma energia e faz parte da casa, assim como cada membro do corpo e também deve ser cuidado com bastante atenção e a radiestesia dentro do Feng Shui ajuda a manter a casa com energias positivas e boas vibrações.



Entendendo o baguá


O primeiro passo para incorporar o Feng Shui em sua residência é conhecer o baguá – um mapa dos centros de energia da residência e dos cômodos. Ele é um octógono dividido em nove segmentos que influenciam sua vida, conforme o esquema abaixo:




De acordo com Cilla, o Feng Shui cria um padrão na composição do ambiente, que envolve objetos, cores e arrumação, que recria o padrão da natureza e seus ciclos através do baguá.


“Entendendo então que cada ambiente pode recriar o padrão da natureza, devemos aplicar o baguá. Para aplicá-lo devemos primeiro dimensionar, sem deformar, a área do Trabalho – S, próximo a porta de entrada, de forma que a porta fique na área da Espiritualidade - SE”, complementa.




Cilla lembra ainda que aplicar o baguá em uma residência é uma tarefa profissional, pois nem sempre a arquitetura cria cômodos quadrados com portas que estão próximas a paredes.


“O ideal é que os cômodos tenham as paredes do mesmo tamanho. A porta deve abrir sempre para a direita no sentido de quem entra. E não se deve ter janelas na mesma direção da porta”, explica a consultora.



Como harmonizar sua casa


Como vimos, ativar e harmonizar um local demanda um entendimento minucioso da funcionalidade de todos os aliados, técnicas e ferramentas. Porém Cilla afirma que o Feng Shui não resolve todos os problemas e questões da vida e sua prática oferece as ferramentas, vantagens e oportunidades, que se bem utilizadas, podem trazer sorte, fortuna, saúde, riquezas e muito mais.


A seguir, separamos algumas dicas da consultora de Feng Shui que valem para harmonizar qualquer espaço de sua casa. Vamos lá :


  • Evite posicionar local de assento de forma que o ocupante fique de costas para porta;

  • A cama deve ficar em um local, onde a cabeceira fique em diagonal para porta;

  • A cabeceira da porta não deve ficar de frente para a porta;

  • Portas alinhadas com janelas trazem desequilíbrio do Qi;

  • Longos corredores trazem desequilíbrio do Qi;

  • Se a pia estiver localizada do lado direito do fogão, coloque um objeto de madeira entre eles;

  • Evite deixar o lixo sem tampa;

  • Evitar deixar o ralo aberto;

  • Evitar sanitário sem tampa ou constantemente aberto;

  • Evitar plantas com espinhos dentro de casa.





Como revitalizar a energia da casa


A consultora Cilla também nos passou dicas práticas de como manter as energias auspiciosas dentro de nosso ambiente:


  • Não mantenha objetos quebrados ou que trazem memórias dolorosas em casa;

  • Deixe circular o ar, afinal o significado do nome Feng Shui é VENTO e água;